Skip to content

Egoista

outubro 25, 2015

Uma borboleta que dá rasantes em um estômago qualquer.

Uma andorinha que preenche a imensidão do verão.

Uma flor que é suficiente para um jardim inteiro.

Uma gota que em seu lugar se torna mar.

Porque o unitário se completa com outros.

Mas já é um todo.

Já é.

.

.

Felipe Silva

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: