Skip to content

Desconhecida

março 17, 2016

Na brecha do teu sorriso
Me encaixo perfeitamente
Posso armar minha rede
Entre os dentes da frente
E sentir a brisa do mato
Como um papa-capim sente

Vou fazer um repente
Cantar como um azulão
Sei também golinha, tiziu
Voar que nem um gavião
Pra dizer que bem-te-vi
Sendo tão linda no sertão

Versear era intenção
Deixar a poesia fluir
Ver toda essa beleza
Me fez o queixo cair
Se gostar do agreste
A casa é sua, pode vir.

.

.

Felipe Silva

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: