Skip to content

Pintora.

março 28, 2016

Nas mãos da criança

Me tornei tela de pintar

Segurando a pena dourada

Já começou imaginar

Fazendo do dedo pincel

No meu rosto foi criar

 

Fez nuvens e mar

Uma flor e borboleta

E o sol bem no canto

Colado na costeleta

E colocando as cores

Cobriu minha careta

 

Agora brinco com caneta

Papel, versos desenhados

Pintar ainda está em mim

Mas só traços rabiscados

Prefiro colorir com poesia

Com tinta pra todos os lados!

.

.

Felipe Silva

 

Para Bruninha, a criança que põe poesia nas tintas.

 

 

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: