Skip to content

Sequestro

julho 16, 2016

Na visão conturbada
De alguém ocupado
Os papeis a cobriam
De modo desordenado
Não mostravam que ali
Se escondia o pecado

Que costume errado
Profanar o querer
O destino me presenteia
Mostrando o que fazer
Durante o expediente
Pensando o que dizer

Isso que chamo viver
Chegar a borda e pular
Sem pensar no amanhã
Ter coragem, arriscar
Esperando o melhor
Ou melhor, sem esperar

Sem pestanejar
Ignorei toda a rotina
Me escondi num hotel
Fechei toda a cortina
Fazer energia do atrito
A luz que pisca é grito
Carregador de endorfina

.

.

Felipe Silva

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: